Parabéns Matilde e Carolina

As minhas filhas fazem hoje 26 anos. Sobre a Matilde e a Carolina.

As minhas filhas fazem hoje 26 anos.
E o Rui Maria escreveu sobre elas no instagram. Um texto simplesmente delicioso.

 

 

Se um bebé cá chegar é coisa próxima de um milagre… O que dizer de dois? Não me lembro do dia 17 de Julho de 93 ou do momento avassalador em que entraram lá em casa, mas reparei que nunca mais saíram e que durante um ano falaram um idioma perdido que só as duas reconheciam. Que pesadilla. Não imaginam! Ser irmão de gémeas é apanhar para sempre uma conversa a meio, sabem? É descobrir que 1+1 não são 2. São 1 e 1. Diferentes de forma drástica, mas iguais naquilo que interessa. Ser irmão de gémeas é ver triunfos a dobrar sob tormentas improváveis e derrotas coléricas no campeonato do desaparecimento dos carregadores de telefone. É inspirador de ver, juro. A Matilde e a Carolina são gémeas, sim, e fazem hoje 26 anos, mas são muito mais do que isso: são sobreviventes feitas de aço e mel num mundo que morde mais do que mima. O que é razão suficiente para serem aplaudidas até Dezembro. Comecem já. Sou um mano orgulhão e – que dureza! -, ainda por licenciar! Até aí já me ganharam. A Carolina acabou há semanas. A Matilde já deve estar a inventar uma terceira licenciatura (!) em Inteligência Artificial ou Química Aplicada à Time Out e os 10 sunsets que não pode perder em Cacilhas e Oviedo. Eu sei lá. Não sei o que vem por aí, mas garanto que será para sempre juntos também com a primeira e mais generosa dos quatro, a nossa irmã mais velha, a Sofia.  ❤

Por Rui Maria Pêgo

As minhas filhas fazem hoje 26 anos. Sobre a Matilde e a Carolina. Parabéns-Matilde-e-Carolina-Pego

Crónica, Mãe de S., uma criança especial

Às vezes precisamos de um balanço

Mas é um facto que as boas decisões não são necessariamente as mais fáceis. E  é tão bom quando às vezes intervalamos o papel de terapeuta para... sermos só mãe!

Bavaroise

Bavaroise, por Clara de Sousa

"A gelatina assenta no fundo e quando se vira para o prato fica com este efeito muito bonito. Vermelha, verde, amarela… depende da gelatina que usar. Faço-a sempre nesta forma de flor. É uma...

The Cure NOS Alive 2019

The Cure: foi épico

As expetativas eram muito altas. The Cure é um nome de sempre. "Estamos em 2019 e eu ainda ouço isto", comentava uma das dezenas de milhares de pessoas que vibraram na primeira noite do NOS Alive.

Em entrevista a Norberto Morais - o seu livro está a caminho da TV Globo

Vem aí A Balada do Medo

O seu apetite pelas histórias nasceu nas tardes preguiçosas que passou com a avó, na vila de Marinhais, para onde foi ver após o divórcio dos pais.  “A minha avó lia para mim, era a única...